fbpx

Você sabe qual marco importante é comemorado no dia 13 de maio?

Confira a seguir um pouco mais sobre essa data tão importante para o mundo.

O QUE É ESCRAVIDÃO E QUANDO SURGIU?

A escravidão é a prática social onde um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro e essa ação é imposta por meio de força.

Você sabia que as pessoas escravizadas não possuem direito à liberdade?  Pois é, isso acontece, pois elas são consideradas propriedades de seus senhores, além disso, elas ainda podem ser trocadas ou vendidas como se fossem mercadorias.

Além de ser praticada no Brasil, foi muito utilizada em diversos outros países, e os primeiros registros aconteceram nos povos na época da antiguidade.

Por mais que essa prática tenha sido abolida, sabia ela ainda é praticada ilegalmente em alguns países até os dias de hoje?

ESCRAVIDÃO NO BRASIL

A escravidão no Brasil foi implantada no início do século XVI, sendo que o primeiro navio com escravos chegou em Salvador no ano de 1535, e é o ano que marcou o início da escravidão no Brasil, prática que só terminou 353 anos depois em 13 de maio de 1888, com a Lei Áurea.

Mas, qual povo foi o primeiro a ser escravizado?  

As primeiras pessoas a serem escravizadas no Brasil foram os indígenas, depois disso, em possessões portuguesas, pessoas da Angola e de Moçambique foram trazidos à força ao Brasil para serem escravizados.

MOVIMENTO ABOLICIONISTA

Como muitos pensam, a abolição da escravatura no Brasil não foi resultado da bondade do Império, essa conquista foi resultado de ações e movimentos populares contra a instituição, e a pressão popular sobre o Império foi o fator decisivo para que a escravidão fosse abolida em 13 de maio de 1888.

Durante o processo de abolição, aconteceram diversos movimentos e a criação de algumas leis, como, Lei do Ventre Livre, Lei dos Sexagenários, Lei Eusébio de Queiroz, que determinou airregularidade do comércio de escravos, e a mais importante, a Lei Áurea, que foi o projeto final da abolição proposto por João Alfredo, político conservador da época. Após o projeto da Lei ser encaminhado e aprovado pelo Senado, foi levado para que a princesa assinasse, por fim, em 18 de maio de 1888 a Lei áurea foi assinada.

João Alfredo Corrêa de Oliveira (1835-1919) – presidente do Conselho de Ministros do Império, autor da lei Áurea.